sábado, 11 de agosto de 2012

Uma outra canção de amor


Quero arrancar-te gemidos
Suaves, melódicos e constantes
Aos meus criteriosos ouvidos
Que sejam todos tocantes

Aprofundem-se até o coração
Sutil e compassadamente
Soando como uma canção
Tocando-o sempre, eternamente.

Seguir por Email