segunda-feira, 18 de abril de 2016

as cores que gosto são feitas de saliva

as cores que gosto são feitas de saliva
as outras, feitas de lágrimas
as cores que vejo são variadas
são limitadas a uma escala monocromática
de infinitos tons entre o branco e o negro

as lembranças que tenho são como sons
por vezes agudos e irritantes
e por outras harmônicos e consoantes

mas nada se compara a ausência de som e cor
das lágrimas que caem no agora
silenciosas e cristalinas

TALVEZ ESCRITO EM UM MÊS QUALQUER EM 2012

Seguir por Email